Home

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Afinal, comer rápido engorda?



Sim e não. A verdade é que existe uma diferença entre fome e saciedade e, não respeitar o limite entre um e outro, é a receita para os inoportunos quilos a mais. Aprenda a distinção entre eles e conheça os benefícios de se alimentar sem pressa, mastigando bem os alimentos.

Fome é o que sentimos quando o estômago está vazio – geralmente após quatro ou cinco horas da última refeição – e precisamos ingerir mais alimentos. Entretanto, o processo digestivo é demorado: a comida é mastigada, engolida, recebida pelo estômago, processada e enviada para o intestino delgado, que absorve os nutrientes essenciais e descarta os demais para o intestino grosso.
Quando ingerimos a quantidade de alimento necessária, o estômago se dilata e envia uma mensagem ao cérebro, comunicando que já está cheio. A seguir são produzidos os hormônios PYY e GLP-1, responsáveis pela sensação de saciedade.

Esse processo leva cerca de 20 minutos, portanto, ao comermos devagar permitimos que ele aconteça quase que ao mesmo tempo. Resultado: comemos a metade do que estamos acostumados e com a mesma sensação de satisfação. Além disso, uma boa mastigação facilita a digestão e permite que você saboreie melhor os alimentos.

Ou seja, comer rápido não engorda. Mas ingerir calorias até saciar-se, sim.

A solução está na reeducação alimentar e é bem mais fácil do que parece!

- Evite se distrair com outras atividades, como televisão ou computador, enquanto estiver no meio de uma refeição.

- A expressão “olho maior que a boca” não é à toa: preste atenção na quantidade de comida que é colocada no prato.

- Leve pequenas quantidades de comida à boca.

- Faça pequenos lanches entre uma refeição e outra.

Seguindo essas indicações, você garantirá uma alimentação muito mais saudável e saborosa. Perder peso só depende de você!

7 Comentários:

Gabriela Mateus disse...

Acho que cada um sente uma coisa, quando como rapido, sinto fome muito mais rapido depois...

Valeu pela materia, é bem interessante,,,,bjs

Shirley Mello | TodaBeleza disse...

É verdade isso, eu como super rápido e dá essa sensação que não fiquei satisfeita.
Mas depois de algum tempo que acabei, parece q está tudo bem e que a quantidade foi suficiente.
Bjs...

Emagrecendo com Penelope disse...

Que fofo seu blog,não sei se já passei por aqui, mas adorei aqui e gostaria de saber se podemos ir juntas ao nosso objetivo, caso possamos me avise para seguir seu blog também.
beijokas

VIV disse...

Oi "futura magra", muito obrigada pelo seu recadinho, pode opinar sempre que quiser.
O café é sempre este e não sinto falta do carboidrato não...me sustenta bem até o almoço... se fico com fome no meio da manhã como uma fruta...agora o almoço de ontem realmente foi "trash", mas realmente foi uma exceção... normalmente como super bem, com grande variedade de legumes e verduras!
Meu problema são os fds...onde acontecem algumas jacadas, mas sempre dentro do meu limite!
Espero que visite sempre meu espaço...sempre dou uma lida nos seus posts, mas nunca comentei nada! =P

Emagrecendo com Penelope disse...

OBRIGADA PODER CONTAR COM PESSOAS QUE NOS ANIMAM E NOS AJUDAM, VOU TE LINKAR NO MEU BLOG PARA PASSAR MAIS VEZES AQUI, E VOU SEGUIR SEU BLOG
BEIJOKAS

Alexsandra disse...

Verdade!!
Antes eu comia tão rápido que não escutava a mensagem que o meu estômago mandava ao cérebro e comia exageradamente...
Hoje eu penso como eu conseguia comer até ficar com o estômago doendo, credo!!
Bjus

Uma Futura Magra disse...

Eu adorei essa matéria porque sempre me pego comendo rápido, mesmo quando não tenho pressa. Preciso aprender essa lição!
Obrigada a todas pela vinda!

Postar um comentário

Seu comentário é sempre um incentivo! Obrigada e volte sempre!
( :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...