Home

domingo, 21 de novembro de 2010

Proposta de mudanças



Gostaria de convidá-las(os) para traçar algumas metas, com objetivo de mudar algumas diretrizes de vida.

1-Você pode e deve tomar as rédeas de sua vida. Isso significa parar de ser ou fazer o que outras pessoas esperam e começar a fazer o que realmente quer, ser e agir da forma que acha coerente com sua forma de pensar.
Não tenha receio de decepcionar as pessoas, familiares e amigos, pois na verdade, a única pessoa que pode mudar sua vida é VOCÊ mesma(o)!

2- Procure dentro de si tranquilidade e controle sobre o que sente. Para isso, veja quais os meios poderiam ser eficientes para alcançar essa meta.
É muito mais fácil nos entregarmos a pensamentos ruins, de pessimismo, de derrota, ao invés de pensarmos de forma mais positiva e construtiva em busca de mudanças.
Procure, nesses momentos, mudar o foco do pensamento. Exemplo: Acordei e tropecei, depois, ao tomar café, despejei o leite todo no chão pois escorregou a caixa de minha mão, e aí se desenvolve uma rede de pensamentos que formam uma frequência ruim que acaba por desencadear uma série de fatos negativos no decorrer do dia.
Então, quando acontecer coisas que não lhe agradam, pare, analise a situação e a partir desse processo de conscientização, as mudanças começam a ocorrer.
Lembrem-se que seus pensamentos moldam a sua vida!

3- Deixe o medo fora de sua vida. Nos paralisamos frente a mudanças, por mais que desejadas, justamente porque elas trazem novas expectativas, desafios e como lidar com isso? Parece loucura, mas a possibilidade de estarmos diferentes, nos traz também a ansiedade frente ao desconhecido. Como será estar mais magra? O que irão dizer? Como é que vou comer aquilo que gosto na frente das pessoas sem me recriminarem? Como será chamar a atenção do olhar do outro? Como vou me sentir sendo desejada? Nesse momento precisamos refletir e nos preparar para nos olhar com carinho e atenção, pois mudanças trazem modificações em várias áreas de nossas vidas e precisamos estar dispostas para enfrentar essa situação, para que não sabotemos nossas conquistas.

4- Comemore cada vez que conseguir perder peso. Fique feliz e comemore, mesmo que seja 100 gramas. Lembre-se que de pouco em pouco vai se somando e no final a diferença vai ser bem significante. Então, não menospreze suas conquistas.
Nos esquecemos de que para chegar ao peso atual, foram anos de vida, anos de abuso, ou de má alimentação, e reverter esse processo é lento, porém assertivo se for feito com tranquilidade e sem pressa.

5- Estabeleça algumas tarefas que possam te auxiliar no resgate de você mesma, fortalecendo sua auto-estima:

- Dançar

- Ouvir música

- Caminhada

- Ler um bom livro

- Fazer artesanato

- Fazer as unhas, o cabelo

- Andar de bike

-Reunir os amigos a fim de compartilhar suas alegrias e conquistas

Enfim, você pode fazer uma lista de situações que poderão lhe proporcionar prazer, fortalecendo sua relação com você mesma.

Psicóloga e especialista em Transtornos Alimentares, Luciana Kotaka desenvolve seus trabalhos há mais de 14 anos, sendo referência nesta área por realizar atividades focadas em tratamentos que envolvam a relação direta entre o distúrbio do peso e a psicologia.
Em seus trabalhos, Luciana parte dos conhecimentos dessa ciência para então chegar nas possíveis causas do transtorno alimentar do paciente. Nos encontros, busca mostrar às pessoas que é possível emagrecer de forma sadia tanto mentalmente quanto corporalmente.
Neste novo formato de terapia o paciente consegue observar o quanto têm um papel fundamental para sua própria saúde, bem estar e qualidade de vida.

Psicóloga Luciana Kotaka
CRP – 08/06502-1
Curitiba - PR 

4 Comentários:

★$ Naиđ♂ N£яi $★ disse...

Incentivo é ler um texto legal como esse

Dida - Futura Ex-Gordinha disse...

Adorei o texto!
Vou colocá-lo em prática!
Beijos

Jana Schussler disse...

Texto maravilhoso!
E 100% verdade!
Temos que nos amar!

PS: Ei, Jana! Agora também tenho uma logo! rsss
Olha no meu blog!

Uma Futura Magra disse...

Olá, queridos!
Sempre uma alegria tê-los aqui comentando! Obrigada!
Jana tem toda razão em dizer que temos que nos amar!
Luciana sabe tão bem disso que escreveu esse lindo texto para refletirmos.
Beijos!

Postar um comentário

Seu comentário é sempre um incentivo! Obrigada e volte sempre!
( :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...