Home

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Mudanças

Por Kiki Olivieri, especialmente para Uma Futura Magra

Quando algo não está da maneira que queremos que esteja, o natural é que mudemos essa situação, ou que pelo menos tentemos fazer isso.
Mas, até que ponto desejamos algumas mudanças?
Falando especificamente de emagrecimento, é comum ouvirmos por aí as pessoas falando que querem emagrecer, e QUERER É PODER quando isso realmente for da nossa vontade.
Não acredito que exista alguém no mundo que queira ser gordo (exceto Donna Simpson), portanto, a gordura certamente tem alguma utilidade para quem ainda não resolveu se livrar dela de vez.
Para mudarmos precisamos entender o processo, sermos perseverantes  e aceitarmos os resultados.
Sabendo que os seres humanos só conhecem as coisas por causa dos seus opostos (exemplo: Só sabemos o que é escuro pois existe a luz!) podemos concluir que só conhecemos os benefícios de sermos magros pois já sofremos os malefícios de sermos gordos (doenças, discriminações, limitações). Vejam bem, não estou dizendo que ser gordo é o fim do mundo, afinal, se estamos acima do peso foi por nossa inteira responsabilidade e, brigar consigo mesmo não vai mudar nada, mas aceitar de forma passiva a gordura também não é a melhor solução para quem quer se livrar dela.
Se na balança da nossa vida, pesarmos "ser gordo" x  "ser magro", qual lado é mais vantajoso?
Se depois de ponderar tudo, você percebeu que ser magro é o melhor para você, encare as suas novas responsabilidades consigo, de preferência com saúde e consciência, optando por uma dieta saudável, atividades físicas, leituras enriquecedoras sobre o assunto, pessoas com os mesmos objetivos, e se for o caso, profissionais especializados, para que o processo não seja um martírio e que você não desista no meio do caminho.
Na balancinha da minha vida "ser magro" é o mais vantajoso para mim, por isso, estou aqui, compartilhando a minha experiência e conhecimento e também aprendendo muito, incentivando pessoas e sendo incentivada para alcançar o meu objetivo e cooperar com o de vocês.

Kiki Olivieri

4 Comentários:

Luciana Kotaka disse...

Olá Jana, cocordo contigo sobre ter equilibrio, variar os pães é uma forma de não enjoar, pois vivemos no social e temos que nos adaptar sempre. Bjks

Daniela Sousa disse...

Cara Jana, Só discordo de vc em uma coisa. Nem todas as pessoas com excesso de peso o tem por sua própria responsabilidade. Há os casos de disfunções fisiológicas, não podemos esquecer e, essas pessoas são, sem dúvida, vítimas desse processo. NO mais concordo, plenamente, com vc,já que algumas pessoas talvez não sejam tão vítimas assim, que tem excesso de peso e algumas chegam a obesidade pelo seu cotidiano sedentário e uma má alimentação.
Belíssimo artigo!. Ahh... Tô te seguindo e te adicionei na minha lista de blogs. Qd der dá uma passada por lá. Bjos!

Janaína - Uma Futura Magra disse...

@Luciana Kotaka

Concordo!
Beijos! ( :

Janaína - Uma Futura Magra disse...

@Daniela Sousa
Eu concordo com você. Somos diferentes, cada organismo trabalha num rítmo, mas cabe a cada um, se assim desejar, buscar emagrecer. Não é fácil, mas é possível, pois existem tratamentos.
Nos casos mais complexos é responsabilidade de quem realmente quer emagrecer, reconhecer que precisa de ajuda, e buscá-la.
Para emagrecer temos que entender como funcionamos, e aos poucos, mudar hábitos de acordo com nossa necessidade. É o que tenho procurado fazer, no meu tempo, sem me agredir.
Obrigada por seguir o Blog!
Venha sempre e dê sua opinião.
Beijos!

Postar um comentário

Seu comentário é sempre um incentivo! Obrigada e volte sempre!
( :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...