Home

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Wok: você conhece?

Não são apenas os alimentos que devem ser escolhidos com cautela quando se quer adotar um estilo de vida saudável. O utensílio também deve ser levado em consideração. A wok, uma panela de origem chinesa, é a nova sensação entre os aficionados por modismos gastronômicos de baixa caloria.
A wok cozinha rapidamente e por isso preserva as propriedades dos alimentos. Mas não é a panela em si que é saudável, e sim o que cada pessoa escolhe para comer.Diferente do que muita gente pensa, a wok não é restrita apenas a culinária oriental. É uma panela versátil, onde se pode fazer molhos, grelhados a vapor, macarrão, compotas e até mesmo sobremesas.

Criada para se adaptar aos fogões à lenha chineses, nos quais era preciso agilizar o preparo por causa da escassez do carvão, a wok atualmente é utilizada pela praticidade e rapidez. “A panela ficou conhecida no Ocidente há uns dez anos. E passou a ser fundamental na cozinha por causa da facilidade”, explica o personal chef Luiz Tanaka.

A wok é funda, larga e sem cantos, por isso cozinha os alimentos por igual, sem deixar queimar.O formato faz com que a comida seja mexida com facilidade e o calor do fogo seja distribuído constantemente. “A wok é dessa forma porque os chineses não costumam usar colher ao cozinharem, eles fazem com a mão. Por isso é alta para não vazar e o cabo é em forma de alça para facilitar o preparo”, conta o chef.

Como escolher a melhor wok

Na hora da compra é necessário prestar atenção no material da panela. “Não recomendo a de alumínio porque esquenta muito. Prefiro a de aço inoxidável ou antiaderente dourada. Ambas são muito úteis e substituem uma série de panelas que só usamos uma vez ou outra na vida”. Outra dica é conferir se a tampa fecha corretamente, porque isso interfere no preparo da comida.

A wok requer alguns cuidados especiais, como evitar riscar o fundo e não usar esponja de aço. Outra coisa importante para mantê-la sempre em perfeita condição é secá-la após a lavagem para evitar ferrugem. “Às vezes eu até passo no fogo rapidamente para secar bem. E quando sei que não vou usá-la por muitos dias, pincelo com azeite para proteger o fundo da oxidação”, explica Luiz. 

Fonte: GNT

6 Comentários:

Thalita Sanchez disse...

Obrigada pelo Meme querida.
Bjs e uma boa semana

Jana Schussler disse...

Acho esta panela fantástica,
apesar de ainda não ter usado... rsss
bjo

Janaína disse...

Que bom que gostou, Thalita!
Beijos!

Janaína disse...

Olá, Jana!
Achei formidável também! Sem cantinhos! rss
Beijos!

Cassia disse...

Essa panela é uma fofura! E a culinária tem ficado cada vez mais versátil, prática, bonita e gostosa de se aproveitar em todos os sentidos. Inclusive no sentido "magro".
beijos!

Janaína disse...

Tem razão, Cassia! Eu gostei muito e fiquei com vontade de cozinhar numa dessas!
Beijos!

Postar um comentário

Seu comentário é sempre um incentivo! Obrigada e volte sempre!
( :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...